12-12
28

Vera morre 24 dias após levar 4 tiros; ex-marido morreu horas depois

Vítima e autor estavam internados na Santa Casa de Campo Grande

Por Enio Pedroso em 27/10/2021 às 07:15:00

Vera Lúcia Machado de Souza, de 37 anos, lutou pela vida na Santa Casa de Campo Grande (MS), durante 24 dias, porém, não resistiu aos ferimentos a tiros disparados pelo ex-marido, Anilson Assis de Oliveira, de 49 anos. Ela morreu às 20h40 da última sexta-feira (22.out.21), quase um mês após ser ferida, em 28 de setembro de 2021, dentro de um veículo, quando chegava em casa, em Costa Rica (MS).

Conforme a Polícia Civil, o ex-marido efetuou 4 disparos contra ela e fugiu em uma motocicleta. Horas depois ele foi encontrado pela Polícia Militar já com o ferimento de tiro na cabeça numa chácara às margens do Rio Sucuriú. A suspeita é que ele tenha tentado suicídio. Ele também foi resgatado com vida naquele dia e levado ao hospital da Capital, onde ficou internado até ontem (24.out.21).

A reportagem procurou o hospital para obter informações do ex-marido. A assessoria da Santa Casa disse que o paciente era escoltado e então não poderia passar muitos detalhes. "Apenas confirmar que ele também faleceu. Ele veio a óbito ontem [24.out.21] às 19h52", esclareceu a unidade.

Vera estava separada do autor por pelo menos 6 meses, mas ele não aceitava o fim do relacionamento. Isso teria o motivado a prática do assassinato da ex-companheira.

A Polícia Civil disse que em abril o autor havia sido preso por ameaçar a ex, no entanto, ele foi solto dois dias depois.

De acordo com apurado, no dia do crime, Anilson foi até a casa da ex-mulher e ficou esperando, quando a vítima chegou no banco do carona de uma colega do trabalho, ele então efetuou os disparos.

O MS Notícias não localizou nenhum boletim de ocorrência sobre o caso.

Comunicar erro

Comentários

Klin 1
NNOTICIA (ANUNCIAR CONOSCO)
NFM#1