NNOTICIA (ANUNCIAR CONOSCO)

Mesmo com novo reajuste, gasolina ainda pode ser encontrada por R$ 5,25 em Campo Grande

Por Redação em 02/03/2021 às 17:36:35

Foto: Marcos Hermínio

Após o novo reajuste no preço dos combustíveis anunciado nesta segunda-feira (1°) pela Petrobras, os postos de Campo Grande já se preparam para alterar seus valores ainda nesta semana, apesar disso, o preço ainda se mantém.


Conforme anunciado pela estatal, a gasolina sofrerá alta de R$ 0,12 e o diesel de R$ 0,13 já a partir desta terça-feira (2). A gasolina sofre reajuste de 4,8% e passará a custar R$ 2,60 o litro. Com o reajuste de 5%, o preço médio de venda do diesel para as distribuidoras será de R$ 2,71 o litro.


Além disso, a Petrobras ainda anunciou o aumento no preço médio de venda do gás de cozinha. O GLP (Gás Liquefeito de Petróleo) sofre reajuste de R$ 0,15 e passará a custar R$ 3,05 por kg.


Diante da nova realidade, os postos irão avaliar os impactos no preço repassados nas bombas em Mato Grosso do Sul. De acordo com funcionários de alguns postos, que conversaram com o Midiamax, os valores apresentados hoje devem sofrer alterações ainda nessa semana por conta destes ajustes.


Conforme o Sinpetro-MS (Sindicato dos Empregados de Postos de Combustíveis e Derivados do Petróleo) ainda não é possível mensurar os impactos que esse novo aumento às refinarias refletirá nas bombas do estado. "Como o mercado é de livre concorrência, cada revendedor tem seus custos diferentes de cada concorrente", disse o sindicato.


Preços ainda sem alterações

Na espera do novo aumento, os condutores ainda encontram os preços sem alterações nos postos de combustíveis. Um levantamento realizado pelo Midiamax, em 12 postos de Campo Grande, mostra que a gasolina comum pode ser encontrada sendo vendida entre R$ 5,25 e R$ 5,49, equivalente a uma variação de R$ 0,24.


Já no diesel S10, comumente mais barato, a variação encontrada foi de R$ 0,33, onde o mais barato é vendido por R$ 4,16 e o mais caro por R$ 4,49. No etanol a variação foi de R$ 0,82.

Fonte: Midiamax

Comunicar erro
NFM#1

Comentários

Klin 1