NNOTICIA (ANUNCIAR CONOSCO)

CAMPO GRANDE: Adolescente espanca mulher, resiste a apreensão e diz que "Polícia tem de morrer"

Adolescente xingou policiais e disse que integrava a facção PCC, sendo que desmentiu isso minutos depois

Por Rafael R. Pinheiro em 30/07/2020 às 06:15:00

Foto Ilustrativa

Um adolescente de 16 anos foi levado para a Delegacia Especializada de Atendimento a Juventude e a Infância de Campo Grande, após espancar a sua esposa, de 22 anos, no bairro Vila Cidade Morena da capital Campo Grande.

A polícia foi chamada ainda na manhã de terça-feira (28/07) e se deslocou até a residência do casal. Quando os militares chegaram encontraram o garoto gritando que iria matar a mulher, enquanto segurava um bebê no colo.

Os policiais teriam pedido pro garoto entregar o enteado para a mãe, porém o mesmo resistiu e a mulher teve que tomar o próprio filho das mãos do garoto, que foi imobilizado por policiais militares.

Os próprios policiais disseram que o garoto se debatia e se negava a ser levado para a delegacia, e que o homem ameaçou os policiais enquanto berrava que "polícia tem de morrer", ainda tentando intimidar os agentes dizendo que era integrante da facção PCC, e que iria matar os policiais e a mulher.

O adolescente já foi internado duas vezes na Unei, e agora vai revisitar a unidade de internação. Na delegacia ele desmentiu que era do PCC e pediu desculpas aos policiais.

Fonte: Midiamax

NFM#1

Comentários

Klin 1