NNOTICIA (ANUNCIAR CONOSCO)

CAMPO GRANDE: Detento incomoda colegas de cela e acaba morrendo asfixiado

Segundo testemunhas, o homem estava sob efeito de álcool ou drogas

Por Rafael R. Pinheiro em 25/06/2020 às 06:31:00

Foto Ilustrativa

Sebastião Francisco da Paixão, de 69 anos, foi morto no Instituto Penal de Campo Grande durante a última terça-feira 23/06. Sebastião cumpria pena por estelionato e foi morto com lençol e camiseta amarrados no rosto causando asfixia, após ter "incomodado" colegas de cela.

Sebastião estava na ala G, direcionada a presos com enfermidades ou que sofrem ameaças de morte. A vítima cumpria pena no Estabelecimento Penal Jair Ferreira de Carvalho e foi transferido ao IPCG no Domingo 22.

Já na noite em que foi transferido, Sebastião gritava e fazia estardalhaço na cela, causando irritação entre os colegas de cela, Rodrigo dos Santos Faria, de 34 anos, João Bruno da Silva Ayala de 31 e Ailton Luiz da Silva de 65 anos. O homem aparentemente estava sob efeito de drogas ou álcool. Foi aí que os colegas de cela agrediram Sebastião com fios elétricos e socos.

Ele teve seus pés e mãos amarrados com os fios e teve um lençol e uma camiseta amarrados em sua cabeça, impedindo a respiração. Ailton contou a polícia que só na manhã de terça-feira, eles desamarraram o homem e tiraram os panos de sua cabeça e pensaram que o homem ainda estava vivo. Horas depois os colegas de cela perceberam que a vítima estava morta.

Os três envolvidos passaram por audiência de custódia na última quarta-feira (24/06)

Fonte: Campo Grande News

NFM#1

Comentários

Klin 1