NNOTICIA (ANUNCIAR CONOSCO)

Governo britânico cria fundo para alimentar crianças após apelo de Rashford, do United

Por Rafael Ramires Celestino Pinheiro em 16/06/2020 às 11:13:15

Marcus Rashford, atacante do Manchester United, alcançou o seu objetivo após redigir uma longa e emocionante carta ao parlamento britânico. Nesta terça-feira (16), o governo do Reino Unido anunciou que irá criar um fundo para ajudar a alimentar crianças de famílias em situação de vulnerabilidade durante as férias no país.

Segundo matéria da "BBC", as crianças contempladas com as refeições escolares gratuitas receberão um vale-alimentação por seis semanas, período referente ao período de férias. Ainda de acordo com o veículo de informação local, o primeiro-ministro Boris Johnson teria saudado Rashfor pela "contribuição ao debate sobre a pobreza".

Através das redes sociais, Rashford comemorou a conquista. "Eu nem sei o que dizer. Basta olhar para o que podemos fazer quando nos unimos", escreveu.

Publicada no último domingo (14), a carta de Rashford pedia mais sensibilidade com as crianças em situação de pobreza e relembrava a própria história do jovem de 22 anos.

"Isso não é sobre política. Isso é sobre humanidade. Olhando a nós mesmos no espelho e sentindo que fizemos tudo o que pudemos para proteger aqueles que não podem, por qualquer razão ou circunstância, se protegerem. Afiliações políticas à parte, não podemos todos concordar que nenhuma criança deveria ir dormir com fome? O governo adotou uma abordagem do que for necessário para a economia – hoje estou pedindo a vocês que estendam esse mesmo pensamento para proteger todas as crianças vulneráveis em toda a Inglaterra", disse o jogador, em trecho da carta.

O governo destinará cerca de 15 libras por semana por pessoa (R$96 reais) e custará cerca de 120 milhões de libras (R$ 770 milhões) aos cofres do país.

Fonte: JP

NFM#1

Comentários

Klin 1