PM 19 AO 28

Segundo PROCON Estadual Caixa Econômica Federal é a líder em infrações

Usuários de Sidrolândia reclamaram redes sociais e dizem "Existe alguém que possa resolver isso" ??

Por Enio Pedroso em 01/04/2022 às 10:30:00

Diversos usuários em Sidrolândia, entraram em contato com o site SidrolandiaNews, e reclamaram do atendimento prestado pela Caixa Econômica Federal na cidade.

Tanto a demora como a falta de informação e a inoperância dos terminais foram as principais reclamações.

Disque Denúncia

Todo cidadão que se sentir lesado em sua relação de consumo, tem à disposição um número de telefone para denunciar problema. Basta discar 151, ou CLICANDO AQUI

O ProconMS está à disposição das 07h até as 18h30, de segunda a sexta-feira.

TRABALHO DO PROCON

Diligências realizadas por equipes de fiscalização da Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor (Procon/MS) em agências bancárias tanto de Campo Grande quanto de cidades do interior do Estado resultaram na expedição de 20 autos de infração, depois de constatadas irregularidades na prestação de serviços aos clientes, o que configura infração ao Código de Defesa do Consumidor – CDC. Após análise do setor jurídico do Procon/MS, foram aplicadas multas de acordo com cada irregularidade encontrada.

O trabalho se deu em atendimento a denúncias formalizadas por cidadãos que se sentiram prejudicados quando necessitaram de atendimentos bancários. Foram autuadas 19 agências de cinco organizações de crédito, com destaque para o Bradesco, para o qual foram expedidos nove autos. Dessa instituição foram autuadas uma agência em Terenos e sete em Campo Grande, tendo sido aplicada multa no valor de R$ 128.442,16, o que equivale a 2.876 Uferms (Unidade Fiscal Estadual de Referência de Mato Grosso do Sul), cujo valor unitário fixado para o mês de março é de R$ 44,66.

Entre os que cometeram maior número de infrações está a Caixa Econômica Federal, com uma agência em Três Lagoas e três em Campo Grande, onde foram aplicadas multas no valor de R$ 61.630,80 correspondente a 1.380 Uferms. No Banco do Brasil também ocorreram utuações em uma agência em Paranaíba e duas em Campo Grande, tendo uma delas sido autuada duas vezes, com multas aplicadas no valor de R$ 60.335,66 ou 1.351 Uferms.

Waldemar Hozano – Procon/MS

Comunicar erro
porto murtinho

Comentários

NNOTICIA (ANUNCIAR CONOSCO)