aquidauana 14 ao 23 junho

Maracaju: Polícia Civil deflagra segunda fase da Operação Fraldas Fantasmas

Foi realizado o sequestro de uma fazenda em Bonito/MS, adquirida pelo investigado, por R$3.100.000,00 (três milhões e cem mil reais), além do cumprimento de mandados de busca que culminaram na apreensão do "contrato de gaveta" referente à mencionada aquisição.

Por Enio Pedroso em 03/03/2022 às 09:45:00

Na manhã do dia 24 de fevereiro, foram cumpridos dois mandados de busca e apreensão e dois mandados de sequestro e de indisponibilidade de bens em Maracaju.

A Polícia Civil de Maracaju instaurou inquérito policial para apurar os crimes de peculato, de lavagem de capitais, de falsidade ideológica e de integrar organização criminosa, pelo fato de, durante a gestão municipal de 2017-2020, ter ocorrido uma licitação para compras de fraldas, que nunca foram entregues.

Durante a investigação, apurou-se que o investigado E. A. F. estava ocultando a propriedade de bens provenientes de peculatos praticados enquanto responsável pelo setor de compras da Prefeitura Municipal de Maracaju, na gestão 2017-2020, dentre os quais estava o da mencionada compra de fraldas.

No dia 15 de fevereiro de 2022, foi deflagrada a Operação Fraldas Fantasmas, ocasião em que foi realizado o sequestro de uma fazenda em Bonito/MS, adquirida pelo investigado, por R$3.100.000,00 (três milhões e cem mil reais), além do cumprimento de mandados de busca que culminaram na apreensão do "contrato de gaveta" referente à mencionada aquisição.

Após, diligências foram efetuadas pela Delegacia de Polícia Civil de Maracaju, verificando-se a existência de uma casa e de um veículo Toyota/Hilux, ambos de E. A. F., que não estavam em seu nome, denotando que ele ocultava bens adquiridos com proventos de infrações penais anteriores, especialmente ao se analisar os valores dos bens e a renda lícita do investigado.

Houve representação de busca e apreensão e de sequestro/indisponibilidade de bens, que, após deferida judicialmente, desencadeou a segunda fase da Operação Fraldas Fantasmas.

Na presente data, foram cumpridas duas buscas e apreensões, sendo uma numa loja de venda de veículos e outra na chácara do investigado. O veículo Toyota/Hilux, sob o qual paira suspeita de ser de E. A. F e que estava em nome de terceiro, foi localizado e apreendido. Na chácara residência do investigado e de sua esposa, foi localizado um caminhão VW/7.90 S C E., em nome de E. A. F, e alguns documentos localizados no interior da casa, que foram também apreendidos.

Foi realizado, ainda, o sequestro do imóvel residencial localizado na Rua Pascoal Moreira Cabral, nº 820, Bairro Alto Maracaju, Maracaju/MS, que, apesar de não estar registrado no nome de E. A. F., verificou-se fortes indícios de ser de propriedade do investigado após diligências efetuadas pela Polícia Civil.

E. A. F. é investigado também pelo Departamento de Repressão à Corrupção e ao Crime Organizado (Dracco) pela prática de fatos semelhantes e, em razão disso, foi autorizado judicialmente o compartilhamento das provas obtidas pela Delegacia de Polícia de Maracaju.

Diligências continuam a ser efetuadas para a completa elucidação do caso.

Fonte: maracajuspeed

Comunicar erro
porto murtinho

Comentários