16 ao dia 27

Mesmo com preços firmes na arroba do boi gordo pecuaristas seguram lotes

Por Enio Pedroso em 17/01/2022 às 11:45:00

Conforme dito anteriormente, mesmo com uma frente confortável em suas escalas de abate, os frigoríficos encontram dificuldades em exercer pressão negativa nos preços. O mercado físico do boi gordo apresenta preços firmes ao longo desta semana, com a manutenção dos preços nas principais praças pecuárias pelo país nessa quinta-feira, 13.

Mesmo com uma frente um pouco mais confortável em suas escalas de abate, os frigoríficos encontram dificuldades em exercer pressão sobre o mercado, conforme anunciado pelo Portal.

Do outro lado, dentro da porteira, os pecuaristas aproveitam a boa capacidade de retenção dos lotes nas pastagens para poder segurar a oferta de animais na praça e, com isso, reduzir a pressão negativa das indústrias. "Essa é uma consequência da boa capacidade de retenção que o pecuarista apresenta no decorrer do primeiro bimestre, com pastagens em ótimas condições no Centro-Norte do país", apontou a Safras & Mercado.

Em São Paulo, as boas compras na primeira semana de janeiro permitiram o alongamento das escalas, o que fez com que o mercado trabalhasse menos pressionado ao longo desta semana. Após recuarem ontem (12/1), hoje os preços estão estáveis na comparação diária. Boi, vaca e novilha gordos estão apregoados em R$337,00/@, R$308,00/@ e R$326,00/@, respectivamente, preços brutos e a prazo, apontou a Scot Consultoria.

No mercado, ainda existe um ágio para bovinos com destino à exportação chega a R$15,00/@, sendo assim as negociações para bovinos até quatro dentes, o "boi China", negócios seguem firmes e com valores de até R$345,00/@. Segundo o app da Agrobrazil, os pecuaristas de Sud Mennuci/SP, venderam boiada para o exportação por R$ 345,00/@ com pagamento à vista e abate para o dia 24 de janeiro de 2022, veja imagem abaixo.

Sendo assim, em São Paulo, o valor médio para o animal terminado apresentou uma média geral a R$ 333,83/@, na quinta-feira (13/01), conforme dados informados no aplicativo da Agrobrazil. Já a praça de Goiás teve média de R$ 334,06/@, seguido por Mato Grosso Sul com valor de R$ 320,[email protected]

E em Mato Grosso, a média fechou cotada a R$ 334,63/@. O preço do Indicador do Boi Gordo/CEPEA, apresentou leve desvalorização no fechamento de ontem, uma que de 0,40%. Sendo assim, os preços da arroba do boi gordo na média paulista saltaram de R$ 335,05/@ para o valor de R$ 333,70/@.

Fonte: Rural News MS

Comunicar erro
aquidauana verificar vencimento

Comentários

Klin 1
Institucional NFM 1
NNOTICIA (ANUNCIAR CONOSCO)
NFM#1
dia 13 ao 22/05